Morador de rua é amarrado em carro por empresário e arrastado até a morte

Um crime cruel ocorreu na cidade de São Luís, no Maranhão. Um homem em situação de rua foi acusado por um dono de restaurante de ter furtado quentinhas do local algumas vezes. Revoltado, o empresário amarrou o homem em sua caminhonete e o arrastou por cerca de 1 quilômetro pelas ruas do centro da cidade.

O empresário foi preso na terça-feira (27). O crime não é recente e aconteceu no dia 17 de maio, por volta das 2h da manhã. As informações foram dadas pelo delegado Felipe César Mendonça. As imagens lamentáveis do crime foram exibidas somente nesta quarta, após a prisão do suspeito.

As imagens que a polícia conseguiu são muito fortes. O morador de rua, identificado como Carlos Alberto Santos, de 36 anos, é amarrado na traseira da Hilux do empresário. Em determinado momento da gravação, o homem bebe água e saiu com Carlos Alberto pelas ruas da cidade.

 

Em outro momento do vídeo, o empresário dá a marcha ré no veículo e passa por cima do morador de rua. Segundo o delegado, o homem foi arrastado do centro da cidade até a avenida Beira Mar, próximo ao Terminal de Integração da Praia Grande. O delegado disse que o corpo foi encontrado com muitos machucados e sinais de que teria sido arrastado.

 

O delegado classificou ainda o ato como crime com requinte de crueldade e bárbaro. O empresário foi preso em uma oficia mecânica. Ele tentou fugir e estava com o mesmo veículo do crime. O nome do empresário não foi revelado, mas ele tem três restaurantes na região. O suspeito vai responder pelos crimes de homicídio e tortura.

 

Fonte: www.i7news.com.br