Funileiro de 44 anos morre após manobra arriscada de caminhoneiro; suspeito fugiu após acidente fatal

Cícero Vicente Furtado sofreu fraturas expostas após ser atingido

Faleceu pouco depois de dar entrada no Hospital Regional de Vilhena, no início da tarde desta segunda-feira, 08, para onde foi levado depois de ter sua moto atingida por uma picape no trecho urbano da BR 364, em Vilhena, o funileiro Cícero Vicente Furtado.

De acordo com informações obtidas pelo jornal junto à empresa de transportes na qual Cícero trabalhava havia apenas cinco meses, ele tinha 44 anos e era conhecido como “Ceará”.

Um dos responsáveis pela firma disse ao site ter ouvido do motorista da picape que atingiu o motociclista, que uma carreta teria provocado o acidente, e o motorista dela fugiu, após populares que tentarem detê-lo e não conseguirem alcançá-lo.

Conforme o relato do condutor da caminhonete envolvida na colisão fatal, a carreta trafegando no sentido Vilhena/Porto Velho, seguia à sua frente, e deu sinal de que entraria no Posto Mirian.

A manobra foi bruscamente abortada e, quando voltou para a pista, o veículo de carga bateu na traseira da picape Fiat Strada, que rodou na rodovia, atingindo de frente a motocicleta pilotada pelo funileiro, que trafegava sentido Cuiabá (MT).

Levado ainda com vida para o Hospital Regional, com fraturas expostas e outros ferimentos graves, Cícero sofreu três paradas cardíacos e foi a óbito antes de ser operado.

Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação