Covid grave se manifesta de forma diferente nas crianças; conheça sintomas e órgãos mais afetados pelo vírus

A Covid-19 tem assolado a humanidade há mais de um ano e, nesse período, milhares de pessoas morreram ao redor do mundo vítima da enfermidade. Desde o surgimento da doença, ela tem se mostrado com menor gravidade nas crianças. Os pequenos costumam ser assintomáticos ou desenvolvem a forma mais leve da infecção.

No entanto, casos pediátricos considerados graves e fatais estão sendo registrados pelos estudiosos. A pesquisa, que foi realizada pela USP – Universidade de São Paulo, tem procurado entender a forma do vírus se desenvolver no organismo das crianças e como o corpo reage ao invasor.

O médico Paulo Saldiva, que é patologista e professor da universidade, afirmou: “Imaginávamos que as crianças estariam isentas de riscos”. Contudo, o Brasil é um dos países que mais apresentou casos sintomáticos de coronavírus nas crianças. O docente é um dos responsáveis pelo novo estudo que tenta entender como a Covid está atuando no organismo infantil.

O especialista relata que o vírus atua de forma diferente em organismo que não tem nenhum tipo de comorbidade. Nesse tipo de situação, embora haja o envolvimento pulmonar, o órgão que tem sido mais atingido é o coração, seguido pelo cérebro e o tubo digestivo. O vírus acomete os órgãos se manifestando através de diarreia, convulsão e insuficiência cardíaca. Tudo depende de onde o vírus vai se instalar.

De acordo com o estudioso, esse tipo de resposta do organismo da criança está associado à reação inflamatória que o pequeno monta contra o vírus, que tem o objetivo de destruir o micro-organismo invasor, mas também acaba promovendo lesões nele. Para tentar impedir o agravamento da situação, altas doses de imunossupressor poderiam ser usados no tratamento.

fonte: i7news