Petrobras anuncia aumento de 18,7% para a gasolina e de 24,9% para o diesel

A Petrobras anunciou, nesta quinta-feira (10), um aumento de 18,7% no preço da gasolina e de 24,9% no preço do diesel. A estatal também informou que vai elevar o preço do gás liquefeito de petróleo (GLP) em 16%. O reajuste nos preços da gasolina e do diesel se dá após 57 dias de preços inalterados.

Como justificativa para os aumentos, a companhia informou, em nota, que o movimento se dá “no mesmo sentido de outros fornecedores de combustíveis no Brasil que já promoveram ajustes nos seus preços de venda”. Além disso, ressaltou que, mesmo com a disparada dos preços do petróleo no exterior em razão da guerra na Ucrânia, a estatal decidiu não repassar a variação de imediato.

A partir de sexta-feira (11), o preço médio de venda da gasolina da Petrobras para as distribuidores vai passar de R$ 3,25 para R$ 3.86 por litro. Para o consumidor final, o reajuste vai passar de R$ 2,37, em média, para R$ 2,81 a cada litro vendido na bomba, o equivalente a um aumento de R$ 0,54 por litro.

No caso do diesel, o preço médio de venda vai sair de R$ 3,61 para R$ 4,51 por litro. Na bomba, o valor deixa de ser, em média, R$ 3,25, e passa a valer R$ 4,06 a cada litro – um aumento de R$ 0,81 por litro.

Já no caso do GLP, o preço médio de venda para as distribuidoras vai passar de R$ 3,86 para R$ 4,48 por quilo, equivalente a R$ 58,21 por cada botijão de 13 quilos (P13). A mudança reflete um reajuste médio de R$ 0,62 por quilo.

Valor Investe