Venezuelano fica com tesoura dentro do estômago após cirurgia e morre

Reprodução – 31.03.2022 Paciente teve tesoura esquecida no corpo após cirurgia na Venezuela

Um paciente morreu na Venezuela alguns dias depois de passar por uma cirurgia por diverticulite inflamatória, num caso que sua família acusa a equipe médica de negligência. Iván Chávez, de 59 anos, sentiu incômodo após a operação e, por meio de uma radiografia, foi constatada a presença de uma tesoura dentro de seu estômago. A ferramenta teria sido esquecida ali durante o procedimento cirúrgico, conforme relatou sua filha, Isamar Chávez, ao jornal “Noticia Al Día”.

Segundo Isamar, seu pai apresentou desconforto abdominal, engasgava e teve dificuldade para evacuar, embora ele não tenha precisado ir para a UTI nos dias que se seguiram a cirurgia.

Internado num quarto do Hospital Universitario de Maracaibo, o paciente representou um mistério para os médicos, que lhe deram medicamentos sem conseguir, porém, aliviar suas dores. As respostas só vieram após a radiografia mostrar claramente a tesoura em seu corpo, no último dia 24. Foi realizada então uma nova cirurgia, mas Iván morreu cinco dias depois.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. 

Fonte: ULTIMOSEGUNDO.IG.COM.BR