SP receberá 15 milhões de doses da vacina chinesa contra Covid-19

Governo de SP Dimas Covas durante coletiva de imprensa

Nesta quarta-feira (12), Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan , anunciou que o Estado de São Paulo receberá – ainda este ano – 15 milhões de doses da vacina chinesa contra a Covid-19 , a CoronaVac.

“Eu tenho enfatizado que a vacina estará disponível aqui no Butantan já em outubro. Em outubro receberemos 5 milhões de doses, em novembro mais 5 milhões de doses e em dezembro, mais 5 milhões de doses. Essas doses já estão sendo produzidas lá na China e, portanto, no final deste ano teremos 15 milhões de doses disponíveis”, disse Dimas Covas em entrevista à  GloboNews .

A liberação para uso da vacina na população, todavia, depende do resultado dos testes clínicos e da aprovação da  Anvisa . De acordo com o médico, após aprovação, a vacina será entregue ao Programa Nacional de Imunização, do Ministério da Saúde, responsável pela distribuição e logística.

“Essas vacinas já estão previamente desenvolvidas, estão em processo de produção, chegarão aqui no Instituto Butantan e, portanto, essa perspectiva de uso fica na exclusiva dependência dos resultados do estudo clinico”, explicou ele.

A perspectiva, segundo Dimas Covas, é a de que esteja disponível em janeiro de 2021 , conforme anunciado pelo governo paulista no final de julho.

“Eu sou otimista, mas otimista com base nos dados, nos fatos. É uma perspectiva real. É uma perspectiva que tem uma enorme chance de acontecer e a partir de janeiro nós termos essa vacina disponível”, ponderou Dimas Covas .

Fonte: ULTIMOSEGUNDO.IG.COM.BR