Comissão externa analisa situação das queimadas no Pantanal

Divulgação/PT Deputados que foram ao Pantanal conversaram com fazendeiros, povos originários, quilombolas e donos de pousada

 

A comissão externa – que acompanha o enfrentamento de queimadas no Brasil – reuniu-se, na manhã desta quarta-feira (30), para fazer uma análise da situação no Pantanal , onde o fogo já consumiu mais de 2 milhões de hectares .

Leia também

 

Há dez dias uma comitiva de deputados visitou as localidades atingidas pelos incêndios florestais no Pantanal matogrossense. O grupo se reuniu com entidades, bombeiros e gestores em busca de soluções para a emergência ambiental .

Imagens e vídeos registrados pelos parlamentares e suas assessorias mostram um Pantanal devastado , com o céu encoberto pela fumaça, o chão seco, animais mortos ou gravemente feridos e ainda sobreviventes em busca da pouca água que restou em poças.

Depois da visita, os parlamentares apresentaram diversas propostas sobre a recuperação de terras queimadas .

Desde 2014, o Brasil tem um programa de manejo integrado de fogo (MIF) a cargo do Instituto Chico Mendes em 40 unidades de conservação e do Prev-Fogo do Ibama em 32 terras indígenas e quilombolas.

Comissão aprova convites a Ricardo Salles e Augusto Aras

A comissão temporária externa que acompanha as ações de enfrentamento aos incêndios no Pantanal aprovou o convite ao ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, para prestar informações sobre as medidas adotadas pelo governo para contenção e prevenção das queimadas.

De autoria da senadora Soraya Thronicke (PSL-MS), o requerimento também pede que o ministro apresente subsídios sobre a adequação da legislação atual que rege as políticas de proteção da flora e da fauna da região.

Outro convidado aprovado para participar da audiência pública é o procurador-geral da República, Augusto Aras .

 

Fonte: ultimosegundo.ig.com.br/ciencia/meioambiente/2020-09-30/comissao-externa-analisa-situacao-das-queimadas-no-pantanal.html