Caso raro de gêmeas siamesas com quatro braços e duas pernas desafia os médicos; futuro será definido

No último domingo (5), mais um caso de gêmeos siameses chamou a atenção da comunidade científica. Uma mulher deu à luz à gêmeas siamesas unidas por membros inferiores.

De acordo com o site RedeTV!, as crianças vieram ao mundo no distrito de Shahjahanpur, na Índia. O caso raro surpreendeu a equipe médica que realizou o parto.

Shaheen Begum, mãe das gêmeas, afirmou que não sabia que estava à espera de siamesas. A mulher não teria feito o acompanhamento pré-natal de maneira correta.

Segundo o médico Gaurav Mishra, assim como a mãe de 25 anos, os médicos também ficaram surpresos com a rara condição das crianças.

Mishra afirmou que um ultrassom realizado já havia apontado que as crianças estavam unidas de alguma forma, mas que a equipe não sabia que se tratava de gêmeas siamesas.

O médico afirmou, ainda, que a equipe precisou realizar um procedimento de ressuscitação das gêmeas assim que nasceram, e, posteriormente, encaminharam-nas para um hospital especializado, que realizará exames para definir o futuro das crianças.

Ainda de acordo com o site RedeTV!, Mohammed Yaseen, pai das gêmeas, revelou que, devido à crise mundial causada pelo coronavírus, a família enfrentava problemas financeiros, o que levou a esposa a não realizar todos os exames necessários durante a gestação.

A família tem a esperança de que as gêmeas possam ser separadas através de uma cirurgia.

Casos de nascimentos de gêmeos siameses são raros e a expectativa de vida das crianças não são animadoras.

Segundo o Centro Médico da Universidade de Maryland, a taxa de sobrevivência nestes casos giram em torno de 5 a 25%, dependendo das condições das anomalias.

Fonte: i7News