Assaltante azarado tenta roubar policial militar armado com uma pedra e acaba sendo baleado por arma de fogo

Um agente da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro baleou um suspeito de assalto. O crime ocorreu na Avenida Gilka Machado, no Recreio dos Bandeirantes. Em depoimento, o policial alegou que o criminoso estava armado com uma pedra, e tentou arremessar o objeto contra a sua cabeça para facilitar a subtração de seus pertences pessoais, mas não obteve êxito.

O policial conseguiu se esquivar da pedra, e acabou não sendo atingido. As suspeitas são de que o assaltante tenha agido sozinho nesta empreitada criminosa, pois não foram encontrados comparsas nas proximidades onde o roubo foi tentado. A princípio, o policial militar efetuou apenas um disparo, e não há informações de onde o projeto tenha atingido o acusado.

O caso foi registrado na última sexta-feira, de dia 16 de outubro. O policial militar alega legítima defesa, tomando a decisão de fazer o disparo com arma de fogo apenas após a pedra ter sido arremessada na sua direção. O acusado de tentar o assalto não morreu, apesar de ser baleado.

Populares que estavam ao redor acionaram a Polícia Militar que, ao chegar até o local da ocorrência, depararam-se com o acusado do assalto correndo ensanguentado enquanto tentava fugir do agente. Ele conseguiu ser capturado, sendo encaminhado para a delegacia após receber atendimento médico.

Tanto o agente, quanto o criminoso, foram levados para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, que fica na Barra da Tijuca. Ainda não se tem mais informações sobre o atual estado de saúde deles. O caso foi registrado na 16ª DP (Barra da Tijuca).

 

Fonte: www.i7news.com.br/