Vale a pena usar pré-shampoo? Veja as vantagens e desvantagens – Beleza – iG

Na hora do banho, é comum  apenas com shampoo, condicionador e, às vezes, máscara de hidratação. Mas, você já pensou em usar pré-shampoo? O produto tem sido considerado por muitos um aliado para deixar os fios mais bonitos e sedosos. 

mulher Pixabay Imagem ilustrativa de uma mulher tomando banho

Segundo o hair stylist Jack Oliveira, o pré-shampoo nada mais é um shampoo anti-resíduo que, como o nome mesmo indica, deve ser utilizado antes do shampoo.

Leia também

Como funciona o pré-shampoo?

Indicado para todos os tipos de cabelo, o produto prepara os fios para a ação de alguns tipos de shampoo. “Dependendo do produto que a pessoa usa para lavar os cabelos, os fios podem perder alguns nutrientes importantes” afirma Jack.

Para fazer efeito, o hair stylist afirma que ele deve ser utilizado 10 minutos antes do banho. “O pré-shampoo age na fibra capilar impedindo que as substâncias nocivas do shampoo penetrem as cutículas, sem interferir na higienização dos fios” diz o especialista.

Jack acrescenta que esse tipo de produto é muito bom também para quem está na . “Para os cabelos em transição, ele é especialmente importante, pois ajuda a ” acrescenta.

Vantagens e desvantagens

Jack afirma que o produto é vantajoso pois prepara os fios para o uso de alguns , não atrapalhando a limpeza do couro cabeludo. “Ele age na fibra capilar impedindo que substâncias que venham a ser prejudiciais entrem nas cutículas” acrescenta Jack.

Em contrapartida, o hair stylist afirma que o pré-shampoo é um produto para , então o uso diário pode deixar as madeixas mais ressecadas.

Por isso, não é recomendado que seja usado em todas as lavagens. O especialista indica que ele seja usado a cada 20 dias. “Caso o produto seja usado com muita frequência, pode sobrecarregar os fios e causar o efeito inverso, deixando os cabelos secos e sem vida” encerra o especialista.

Fonte: delas.ig.com.br/beleza/2020-06-22/vale-a-pena-usar-pre-shampoo-veja-as-vantagens-e-desvantagens.html