Homem descontrolado ataca policiais militares, diz que é membro de organização criminosa e acaba preso

 
Fora de si, acusado disse que não tinha medo dos PMs
 
Na primeira hora da madrugada desta sexta-feira, 04, um homem totalmente descontrolado acabou preso, após tentar agredir uma guarnição da Força Tática da Polícia Militar que solicitou que ele cessasse com um barulho que fazia ao chutar e socar o portão da própria residência, localizada na avenida Perimetral, no bairro União, em Vilhena.
 
De acordo com o registro do caso, a guarnição foi acionada por populares, que afirmaram estar ocorrendo uma briga no local, porém, quando chegaram ao endereço informado, constataram que não se tratava de um desentendimento e sim de um morador que estava visivelmente fora de si, desferindo socos e chutes contra o portão do imóvel, causando um grande barulho que incomodava a vizinhança.
 
Ao ser solicitado que parasse com a ação e tentasse se acalmar, o homem começou a gritar que não tinha medo de polícia pois era membro de uma facção criminosa, momento em que voltou a chutar o portão e recebeu voz de prisão por desobediência.
 
Revoltado, o morador tentou acertar socos na guarnição, sendo necessário o uso da força física, bastão policial e de algemas para contê-lo e o conduzir até a Delegacia da Polícia Civil para o registro do caso.
 

Fonte: FOLHADOSULONLINE.COM.BR