Conhecemos o São João de Caruaru, o ‘maior São João do mundo’

Conhecemos o São João de Caruaru, o

Renan Tafarel/iG Turismo – 24/06/2023 Entrada da antiga Estação Ferroviária em Caruaru

Quando soube que iria para o famoso São João de Caruaru, considerado “o maior São João do mundo”, surgiu a expectativa e fiquei pensando “será que é tudo isso mesmo?”, especialmente por estar chovendo bastante em  Pernambuco e talvez pudesse prejudicar a festa. Já adianto aqui que isso passou longe de acontecer.

Para se ter uma ideia, mais de 200 mil pessoas estiveram no local apenas na semana passada, para aproveitar as mais de 200 atrações musicais – além do palco principal, onde se apresentam os artistas mais famosos, existem diversos outros espalhados em polos com apresentações de artistas locais – inclusive, parte do investimento no turismo está no cachê oferecido aos artistas locais, que foi aumentado, com o objetivo de incentivar cada vez mais a “cultura raiz” de Pernambuco.

No palco principal, localizado no Pátio de Eventos Luiz Gonzaga, pude acompanhar os shows de artistas como Gustavo Mioto e João Gomes, que se emocionou no palco com a reação calorosa do público que, possivelmente, mesmo com a chuva, teve o maior público da festa.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por São João de Caruaru (@saojoaocaruaru.oficial)

“É que tem aquela hora que a gente sente que tá indo no caminho certo”, disse João Gomes. “Desde a hora que eu entrei nesse pátio aqui eu lembrei do senti ano passado”, completou o artista ovacionado enquanto cantava seus grandes sucessos.

+ Festa junina: curiosidades sobre origem e países que comemoram

Convidados a ficar no camarote oferecido à imprensa pela Empetur e pelo Governo do Estado de Pernambuco, por parte do show fomos ao pátio principal para ficarmos junto ao público. Devo assumir que não sou acostumado a ir a shows e achei realmente um grande desafio me locomover quando resolvemos voltar ao camarote, mas foi importante para perceber o real investimento em segurança feito pelo governo de Pernambuco e pela prefeitura de Caruaru.

Era uma preocupação – que acredito ser da maioria das pessoas quando se vai a locais de grande movimento. Segundo Eduardo Loyo, presidente da Empetur, houve um aumento de 20% nos investimentos em segurança, tudo para tornar a festa no “São João mais seguro do Brasil”.

E não era preciso muito para perceber esse investimento. Algo que me chamou a atenção logo que cheguei ao Pátio Luiz Gonzaga, foram os vários pontos de segurança espalhados em meio ao público, todos com placas numeradas e agentes da Polícia Militar usando bonés em cor laranja, para que sejam facilmente identificados em meio aos civis.

Outra questão que me vale destacar são as campanhas de prevenção ao assédio sexual e moral durante o intervalo dos shows – a qualquer sinal, um policial seria facilmente encontrado para pedir ajuda e, até onde pude perceber, em nenhum momento isso foi necessário.

A acessibilidade também foi levada em conta, assim que cheguei notei que havia um intérprete de libras nos telões. Confesso que por um segundo achei curioso, mas perto de mim vi algumas pessoas conversando em Libras e aí percebi que sim, isso é fundamental!

Além do grande show

Reprodução/Prefeitura de Caruaru Entrada da Estação Ferroviária em Caruaru (PE)

Chegamos à entrada da Estação Ferroviária, um dos pontos turísticos mais antigos da cidade, por volta das 17h30, tempo de andarmos brevemente pelo local antes de irmos ao palco principal.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por São João de Caruaru (@saojoaocaruaru.oficial)

Novamente falando em segurança, posso afirmar que, apesar de alguns vícios comuns de quem está acostumado a andar por São Paulo, em pouco tempo me senti mais à vontade – vale ressaltar que por toda a festa é possível encontrar policiais e viaturas circulando.

Ao longo da linha férrea da antiga estação, há vários polos, com palcos menores onde acontecem diversas apresentações com artistas da região, muitos brinquedos e atividades para as crianças, além de várias barracas de artesanato e comidas típicas (e uma enorme praça de alimentação com food trucks).

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por São João de Caruaru (@saojoaocaruaru.oficial)

Infelizmente, neste ponto a chuva atrapalhou um pouco e fez com que a maioria das pessoas ficasse “escondida” nas áreas cobertas, mas ainda assim a festa continuou muito animada. O curto espaço de tempo me impediu de andar mais pela região, mas garanto que fiquei com um gostinho de “quero mais” para voltar a Pernambuco e conhecer mais do que o estado tem a oferecer.

Para quem ainda deseja ir ao show do maior São João do Brasil, a festa continua até o dia 1º de julho, e vão se apresentar nomes como Mastruz com Leite (30 de junho) e Joelma (1º de julho). De todo modo, vale muito a pensa se programar para conhecer a festa nos próximos anos que serão ainda maiores e melhores.

* O repórter viajou a convite da Azul Linhas Aéreas e da Empresa Pernambucana de Turismo (Empetur).

Acompanhe o  iG Turismo também pelo Instagram e receba dicas de roteiros e curiosidades sobre destinos nacionais e internacionais. Siga também o  perfil geral do Portal iG no Telegram.

Fonte: TURISMO.IG.COM.BR