Irmã narra relato de jovem que foi abusada por médico em hospital: 'Acordei com as pernas abertas'

Publicidade

A família de uma jovem de 18 anos realizou uma grave denúncia contra um hospital particular em Niterói, no Rio de Janeiro. A estudante, que foi internada na unidade hospitalar após uma convulsão, disse à mãe que foi abusada por um médico durante a internação. De acordo com o site G1, a família afirma que a jovem foi amarrada a uma maca e estaria sofrendo maus-tratos.

A polícia iniciou uma investigação sobre o caso. O hospital particular nega que tenha praticado negligência e maus-tratos contra a paciente. Familiares da jovem afirmaram que receberam um pedido de socorro. A estudante disse pessoalmente à mãe que foi acordada com um médico mexendo em sua genitália.

Por telefone, a jovem contou o mesmo fato à irmã. Após as graves denúncias, a família registrou um Boletim de Ocorrência contra o hospital, que também estaria se negando a fornecer informações sobre a paciente. A Polícia Civil afirmou que a mãe da estudante será ouvida na próxima sexta-feira (4), e que, posteriormente, todos os médicos do hospital serão ouvidos.

Publicidade Publicidade

A irmã da jovem narrou o relato da estudante através de uma ligação telefônica: “Ela disse assim: ‘Eu acordei com as pernas abertas, eles estavam tentando colocar algo em mim. Comecei a gritar. Eles falaram que era algum exame’. Depois dessa ligação, minha mãe saiu da visita. E depois disso, ela foi sedada e entubada. A gente não sabe o motivo”.

Publicidade Publicidade

imagem04-12-2020-00-12-10

O Hospital Icaraí se manifestou após ser procurado pela equipe do site G1. Através de nota, a unidade hospitalar afirmou que ainda não foi notificada pela Justiça, e que a equipe jurídica tomaria as providências necessárias quando isso ocorresse. Quanto às denúncias de negligência e maus-tratos, o hospital nega, garantindo que familiares acompanham o estado da paciente diariamente.

Continue Lendo Comunicar ErroPublicidade

Fonte: www.i7news.com.br/noticia/28845/cidades/irma-narra-relato-de-jovem-que-diz-ter-sido-foi-abusada-por-medico-em-hospital-acordei-com-as-pernas-abertas-03122020