Menina de 9 anos morre depois de passar mal em aula de academia; todo cuidado é pouco

Uma menina de nove anos faleceu nesta última quarta-feira (13), depois de se sentir mal em uma aula de boxe que ela praticava em uma academia. O local fica em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, capital do Mato Grosso. Isadora Alves Corrêa já chegou na unidade de pronto-socorro municipal sem vida

Segundo a assessoria de imprensa do Hospital e Pronto-Socorro Municipal de Várzea Grande, a criança foi intubada, e depois passou mal ao ser realizado um procedimento de reanimação e medicações que levaram 50 minutos, porém não teve nenhuma reação.

Isadora estava participando de uma luta de boxe nessa academia, quando teria passado mal, um ‘mal súbito’, segundo as informações que foram repassadas para o hospital. Amigos e familiares que estavam com a menina a socorreram rapidamente, mas infelizmente ela não reagiu aos procedimentos.

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1021620.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

A causa da morte ainda não foi revelada, somente um laudo apontará o motivo. A Polícia Militar informou ainda que não foi comunicada e não há nenhum registro oficial sobre a perda da menina. De acordo com o portal de notícias do G1, o Conselho Regional de Educação Física, da 17ª região, está tentando localizar a academia para apurar tudo o que aconteceu.

Não foram divulgados detalhes sobre a cerimônia de despedida da criança, nem hora e local do sepultamento. Também não foi informado se ela tinha algum problema de saúde pré-existente que poderia ter ocasionado o mal súbito e levado à morte.

Boxe para crianças

Segundo a Academia Americana de Pediatria (AAP) e a Sociedade Canadense Pediátrica (CPS), boxe não é um esporte indicado para crianças e adolescentes. É preciso tomar cuidado, pois lutas de boxe pode trazer ferimentos no rosto e concussões cerebrais.

Continue Lendo Comunicar Erro
(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://jsc.mgid.com/i/7/i7news.com.br.1014215.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

(function($){
var count_to_contab = false;

$(‘body, html’).bind(‘touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel’, function(e){
if(count_to_contab == false){
$.getScript(‘https://assets.revcontent.com/master/delivery.js’);
}

count_to_contab = true;
});
})(jQuery);

Fonte: I7NEWS.IG.COM.BR