Milei adia promessa de dolarizar a economia argentina para 2025

Milei adia promessa de dolarizar a economia argentina para 2025

Reprodução: Flickr Javier Milei

O presidente argentino Javier Milei descartou a possibilidade de uma dolarização da economia antes das eleições legislativas do próximo ano, indicando um cronograma para sua proposta de campanha.

“Não creio que chegaremos lá antes das eleições legislativas do ano que vem, mas o objetivo continua a existir”, disse Milei à CNN en Espanol em entrevista que foi ao ar no domingo à noite.

Milei afirmou que não acredita que a dolarização será alcançada antes das eleições legislativas do próximo ano, mas reiterou que o objetivo permanece válido. Ele anteriormente havia mencionado que a dolarização ocorreria após a limpeza do balanço do banco central e a reforma do sistema financeiro do país, embora não tenha especificado datas.

O presidente argentino também revelou que está trabalhando em uma reforma do sistema financeiro, vista como um passo crucial para o eventual fechamento do banco central, outra parte importante de seu plano econômico. No entanto, não ofereceu detalhes sobre a reforma nem indicou quando seria implementada, mas reafirmou sua intenção de fechar a autoridade monetária em algum momento.

Milei criticou os políticos por seu suposto roubo “grosseiro e violento” aos cidadãos, atribuindo a alta inflação argentina à emissão excessiva de dinheiro pelo banco central.

Além disso, a Colômbia e a Argentina divulgaram uma declaração conjunta no domingo à noite, anunciando que estavam mantendo conversações para resolver suas diferenças e que a ministra das Relações Exteriores da Argentina, Diana Mondino, visitaria Bogotá em breve.

Quer ficar por dentro das principais notícias do dia? Clique  aqui e faça parte do nosso canal no WhatsApp

Fonte: ECONOMIA.IG.COM.BR

FXSuperCach pc