Homem transtornado invade hospital em Vilhena ameaça pacientes, e esbraveja que queria matar ex-prefeito

  
O homem foi detido pela policia já dentro da sala de triagem
 
Um homem alterado invadiu na madrugada deste sábado, 24, o Hospital Regional Adamastor Teixeira de Oliveira, em Vilhena, e ameaçou funcionários e pacientes que aguardavam por atendimento na maior unidade hospitalar do sul rondoniense. O homem de 37 anos identificado pelas iniciais L.A.C, causou terror aos que estavam presentes.
 
A polícia foi chamada e quando os policiai chegaram ao local, encontraram o homem aos berros já dentro da área de triagem. Os policiais precisaram usar da força para imobilizar o home e impedir que ele atacasse as pessoas.
 
Ainda de acordo com o relatado pelos policiais na ocorrência, o homem gritava que havia matado o filho do ex-prefeito Zé Rover (assassinado em 2017), e que na madrugada de hoje teria ido até um hotel que tem o sobrenome do ex-prefeito a procura dele, para matá-lo. Mas, como o hotel estava fechado foi para hospital, segundo consta no boletim, “porque precisava matar um hoje’.
 
Imobilizado pelos policiais, o homem, que sofreu algumas escoriações causadas ao se jogar no chão para evitar ser preso, recebeu voz de prisão por perturbação da tranquilidade e foi conduzido para a Unisp de Vilhena, onde a ocorrência foi registrada.
 

Fonte: FOLHADOSULONLINE.COM.BR