Google testa ‘novos cookies’ no Brasil; recurso promete mais privacidade

Google muda coleta de dados do navegador Unsplash/Mitchell Luo Google muda coleta de dados do navegador

O Google começa a testar o Federated Learning of Cohorts ( FLoC ) para usuários do Chrome no Brasil e em mais nove países, de acordo com informações do Android Police. A nova tecnologia de rastreamento, anunciada em março deste anovem para substituir os  cookies de terceiros no navegador.

O objetivo do Google é trazer a novidade para todos os países em 2022. O FLoC é uma alternativa que permite a continuidade da publicidade direcionada e, ao mesmo tempo, promete mais privacidade para os usuários.

Antes, os cookies coletavam dados específicos de cada pessoa para direcionar publicidade. Agora, isso será feito a partir de grupos de pessoas, sem identificá-las individualmente. Por exemplo, se antes o navegador identificava o comportamento de uma pessoa que clicou em vídeos de futebol no YouTubeagora ele identifica grupos mais gerais, como fãs de esportes.

Em teoria, o FLoC deve dar mais privacidade aos usuários do que os cookies . Na prática, porém, o Google não divulgou muitos detalhes da tecnologia e tem sido criticado por falta de transparência. Alguns especialistas já consideram o sistema uma “máscara” para um rastreamento ainda mais sofisticado dos usuários.

Além disso, nos Estados Unidos, o Google  vem sendo investigada por possíveis “segundas intenções” no FLoC . Concorrentes no setor de anúncios digitais acusam a gigante de tecnologia de remover os cookies de terceiros para prejudicá-las, tornando-se ainda mais dominante no mercado.

Fonte: TECNOLOGIA.IG.COM.BR